Brennand Cimentos

Garantia de Qualidade - Brennand Cimentos A Brennand Cimentos traz para o mercado o que há de melhor e mais moderno no processo produtivo de cimento. Toda essa tecnologia tem como objetivo oferecer produtos de qualidade superior, atendendo as necessidades de nossos clientes e parceiros.

Projeto de Mãos Dadas com o Futuro


Home > Sustentabilidade > Social > Projeto de Mãos Dadas com o Futuro

O presente Projeto visa atender uma solicitação da Brennand Cimentos e do Instituto Ricardo Brennand no que concerne a implantação de um projeto de responsabilidade social para munícipes de Pitimbú, estado da Paraíba, voltado para o treinamento de mão de obra na construção da fábrica do Cimento Nacional.

OBJETIVO GERAL

  • Implantar o Projeto Mãos Dadas com o Futuro na cidade de Pitimbú, estado da Paraíba, com a finalidade de treinamento de mão de obra na construção da Fábrica do Cimento Nacional.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Implantar a gestão executiva (administrativa, financeira e pedagógica) do Projeto;
  • Proceder à mobilização e inscrição de alunos para um total de 56 turmas de cursos na área da construção civil e metal mecânico a serem ministradas pelo SENAI.
  • Realizar o módulo de cidadania e reforço escolar;

PÚBLICO ALVO

Munícipes da cidade de Pitimbú – PB maiores de 18 anos que estejam em situação de vulnerabilidade social.

RESULTADO ESPERADO

  • Realizar a gestão executiva do Projeto com eficácia e eficiência;
  • Criar e consolidar uma rede de parceiros integrada para desenvolvimento do Projeto;
  • Ter pelo menos 80% do município informado sobre o Projeto;
  • Encaminhar alunos para o SENAI formando um total de 56 turmas;
  • Realizar aulas de cidadania para 56 turmas do projeto;
  • Oferecer reforço escolar para 100% dos alunos que necessitar da ação.

AÇÕES E ATIVIDADES

Implantar a gestão executiva (administrativa, financeira e pedagógica) do ProjetoElaboração do Projeto e divulgação do mesmo em busca de parcerias• Construção dos instrumentos de gestão e gerenciamento do Projeto
• Criação e consolidação de uma rede de parceiros
Criação e acompanhamento da planilha físico-financeira do Projeto• Realização de recebimentos, pagamentos e prestações de contas
Acompanhamento pedagógico do Projeto• Criação de instrumentais pedagógicos para acompanhamento
Proceder à mobilização e inscrição de alunos para um total de 56 turmas de cursos na área da construção civil e eletromecânica a serem ministradas pelo SENAI.Realização da divulgação do projeto e mobilização do público• Divulgação do projeto nos meios de comunicação acessíveis para parceiros e comunidade local
• Apresentação e representação do projeto nos espaços públicos do município
• Realização do processo de inscrição e seleção dos alunos
Proceder à mobilização e inscrição de alunos para um total de 56 turmas de cursos na área da construção civil e eletromecânica a serem ministradas pelo SENAI.Ministração das aulas de cidadania e reforço escolar• Elaboração dos planos de aula
• Elaboração do calendário das turmas

METODOLOGIA

Como proposta política pedagógica seguiremos os princípios da educação popular Freiriana, por entendermos que a emancipação torna-se premissa imprescindível para acontecer o desenvolvimento político, econômico e social dos indivíduos.

Iniciaremos pela elaboração do plano de trabalho, considerando duas vertentes norteadoras: o contexto sócio-histórico do município de Pitimbú, e o processo de desenvolvimento econômico e social que a cidade estará submetida, pelo menos nos próximos cinco anos, com a implantação e permanência da fábrica do Cimento Nacional.

Buscaremos a criação e consequente consolidação de uma rede de parceiros locais, formada por atores sociais como: secretarias municipais, associações de moradores, sindicatos de classe, movimentos sociais, comércio local, moradores, etc. Assim como faremos a intermediação nas negociações e no desenvolvimento do Projeto com os parceiros estruturantes como: Prefeitura, SENAI e o Instituto Ricardo Brennand, com o objetivo de tornar a gestão do mesmo eficaz e eficiente.

O processo de mobilização e inscrição acontecerá no decorrer de todo o desenvolvimento do Projeto, uma vez que as turmas acontecerão em momentos distintos no decorrer de 18 meses.

A mobilização acontecerá por meio da divulgação em diversos veículos de comunicação identificados no município (panfletagem, carro de som, rádio comunitária, blog, sites oficiais, faixas em praças, etc.), além da apresentação do Projeto nos 07 assentamentos e 03 bairros do município.

Após a inscrição, o candidato passará pelo processo de seleção que consiste na aplicação de testes de língua portuguesa e matemática de acordo com a escolaridade exigida no perfil do curso, acompanhada de uma entrevista individual para levantamento do perfil sócio econômico do candidato.

As 56 turmas serão montadas de acordo com o cronograma estabelecido pelo SENAI, com base no histograma de obra da construção e montagem da fábrica. As turmas serão formadas por 16 alunos, em cada, nas áreas da construção civil (Carpinteiro de Obras – 160h, Armador de Estrutura de Concreto Armado – 160h, Pedreiro – 160h, Meio Oficial Pedreiro – 80h e Servente – 40h) metal mecânico (Caldeireiro – 160h, Ajustador Mecânico – 160h, Eletricista de Instalações Prediais – 160h, Instalador Hidráulico – 100h, Encanador Industrial – 80h, Montador de Andaimes – 40h, Encarregado – 60h, Mecânico Montador – 160h, Soldador – 160h, Eletricista de Instalações Industriais – 120h, Instrumentista – 80h e Eletricista Montador – 80h).

Todas as turmas serão iniciadas pelo módulo de cidadania cuja abordagem será direcionada ao mundo do trabalho com duração de 60h, seguido do módulo de reforço escolar em língua portuguesa e matemática com duração de também 60h para àqueles alunos que foi identificada na seleção a necessidade deste último módulo.

O acompanhamento pedagógico continuará nos módulos específicos dos cursos do SENAI no que concerne o desenvolvimento da aprendizagem, frequência, evasões, etc.

O monitoramento das ações acontecerá mensalmente por meio de reuniões com a equipe do Projeto. A avaliação processual acontecerá trimestralmente com base nos resultados das reuniões mensais e nas reuniões informativas e deliberativas com os parceiros estruturantes do Projeto (Prefeitura, SENAI e Instituto).

Também será levada em consideração as avaliações que os alunos responderão em sala de aula ao final de cada módulo.

A avaliação final será realizada com a participação de todos os atores sociais envolvidos e alcançados pelo Projeto, por meio da divulgação dos resultados e da prestação de contas do mesmo. Neste instante será avaliada a necessidade e possibilidade de outras ações sociais para dar continuidade no processo de desenvolvimento humano e social da população local.

Fotos

Cronograma de atividades

Faça download do cronograma de atividades

© 2018 Brennand Cimentos - Todos os direitos reservados